População poderá consultar e contribuir para a regulamentação do projeto municipal IPTU Verde

Fonte: Imóveis sustentáveis em Salvador poderão ter desconto no IPTU»

Presidente Claudio Bernardes apresentou a perspectiva brasileira quanto a investimentos no mercado português, durante Salão Imobiliário de Portugal e Rodada de Negócios, da CIMLOP

Fonte: Secovi-SP participa de eventos do mercado imobiliário em Portugal»

Você já enviou uma mensagem do seu celular hoje? Ainda não? Se não enviou, provavelmente enviará até o final do dia. A verdade é que seja em seu apartamento, na rua, ou no trabalho, utilizar aplicativos de mensagens instantâneas virou febre mundial e um dos principais meios de comunicação.


Por isso, depois de ver o Facebook comprar o WhatsApp por U$S 16 bilhões em fevereiro deste ano, o Google começou a desenvolver um aplicativo de mensagens instantâneas para entrar na concorrência. A ideia é que a plataforma seja testada na Índia e lançada até o final de 2015.


Segundo o jornal Economic Times, especialistas já estão na Índia para conhecer a fundo o mercado de mensagens no país, uma vez que a companhia pretende testar o aplicativo em países emergentes. Uma das táticas para convencer o público a utilizar a plataforma é sua gratuidade.


Isso porque não há custos para baixar o programa e nem para sua manutenção, ao contrário do WhatsApp, que apesar de oferecer gratuidade no download e no primeiro ano, realiza a cobrança de US$ 0,99 a partir do segundo. Além disso, o usuário não necessita ter uma conta no Google para utilizar o novo aplicativo, o que não acontece com os demais serviços.


Para chegar aos patamares da concorrência, o Google terá um grande trabalho. Até agosto, o líder mundial WhatsApp já havia atingido a marca de 600 milhões de usuários ativos em sua rede. O WeChat, outro concorrente direto, possui mais de 430 milhões de pessoas que utilizam diariamente seus serviços.


Por outro lado, o Google conta com a força do nome no mercado. Só no segundo trimestre do ano, a empresa obteve um lucro líquido de US$3,42 bilhões e alcançou uma receita de US$15,96 milhões. Além disso, a companhia conta com a credibilidade dos demais serviços frente ao seu público. Afinal, quem nunca fez uma pesquisa no Google ou clicou em um de seus anúncios? É esperar para começar a usar!


The post Google estuda novo aplicativo de mensagens e quer concorrer com WhatsApp appeared first on Corretor Tech - Blog para Corretores de imóveis e profissionais do mercado imobiliário..




Fonte: Google estuda novo aplicativo de mensagens e quer concorrer com WhatsApp»