Mostrando postagens com marcador Quanto Ganha um Corretor de Imóveis?. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Quanto Ganha um Corretor de Imóveis?. Mostrar todas as postagens


Muito se fala sobre o quanto ganha um corretor de imóveis.

Vou colocar aqui alguns parâmetros para mostrar que é uma profissão complicada e depende de muita perseverança pois se não, abandona-se logo no inicio da carreira.
Corretor de Imóveis não tem salário e sim comissões sobre suas vendas.
Segundo o Creci, a comissão devida ao corretor é de 6 a 8% (tabela do Creci SP atualizada).
Essa comissão você recebe se intermediar a negociação como corretor sem intermediários, ou se você se estabelecer como autônomo em escritório ou abrir uma imobiliária será a sua comissão.
Como + de 90% dos corretores trabalham para alguma empresa imobiliária, ele recebe dessa forma:
- Terceiros: 30% da comissão devida, ou seja se o imóvel foi vendido por R$ 100.000,00, comissão de R$ 6.000,00, o corretor recebe R$ 1.800,00;
- Lançamentos Casa e apartamentos: 0,8% a 1.2% do valor do imóvel;
- Lançamentos loteamentos: 1,50 a 2,70% do valor do lote;
- Fazendas e outros imoveis de grande valor agregado é sempre negociável e gira em torno de 4%, o corretor recebe 30% da comissão;
- Casos de permuta também sempre negociável em torno de 3 a 4% do valor do imovel.
Caso o corretor tenha captado o imóvel, ou seja ele levou o imovel para ser vendido para a imobiliaria, ele tem um bônus de 10 a 15% pela captação.
Então caso ele capte e venda o imóvel (não é facil) ele pode chegar a 45% da comissão.

Vendo esses numeros, as pessoas pensam: então se vender um imovel de R$ 500.000,00 ele pode ganhar de R$ 9.000,00 a R$ 30.000,00? Pode sim.
Este é o interessante dessa profissão. Só que lá atrás, falamos das Habilidades do Corretor de Imóveis, e ele tem que usar todas para realizar esta venda, pois é muito concorrida e sempre os mais influentes na sociedade conseguem esse feito.

Para os que vislumbram esta comissão, aqui vai alguns pontos negativos da profissão:
O horário de trabalho praticamente inexiste. Isso pode parecer bom no começo, porque isso te dá inúmeras possibilidades de fazer tudo o que quiser durante o dia, como ir ao hipermercado no meio da manhã ou no meio da tarde quando está vazio, almoçar quando tiver fome, pagar contas a hora que quiser, acordar tarde, relaxar...
O problema é que se vc não tem disciplina,  gastando o tempo em futilidades. Os resultados não aparecem e até detectar o erros, o estrago pode ser grande.
Trabalha-se Sábados, Domingos e feriados. Corretor de Imóveis não tem folga.
13o salário, férias, aposentadoria, FGTS etc, não existe.
NÃO EXISTE salário fixo em 99,9% dos casos, nem ajuda de custo e nem nada: almoço, gasolina e telefone celular sai do seu bolso. As imobiliárias dificilmente oferece alguma ajuda de custo.
Não existe vínculo empregatício. O que existe é uma "parceria" entre corretor e imobiliária.
Esta é uma das profissões, no meu ver, mais desprestigiadas em termos de condições trabalhistas.

Realmente os valores acima citados que assanha esta profissão, pois é um trabalho muitas vezes sem reconhecimento. Muitos acham que a comissão paga é alta se avaliar todos os fatores do trabalho.
Então, corretor não tem salário e sim comissões sobre suas vendas, tem que contar com competência, habilidade e uma pitada de sorte.
Se você é do tipo que gosta de ter salários e beneficios no fim do mês, chova ou faça sol, começe a repensar.

Até o proximo post.

Veja Tambem.
Técnicas de Vendas
O Corretor e a Internet
Os 7 Maiores erros dos Corretores de Imóveis